(21)981031652 thome@deysonthome.rio.br

Contra os Maus-Tratos aos Animais

deyson thomé Bolsonaro presidente

A MUDANÇA QUE QUEREMOS COMEÇA EM NOSSAS ESCOLHAS E A HORA DE EXERCERMOS NOSSAS ESCOLHAS É NAS ELEIÇÕES, QUANDO ESCOLHEMOS QUEM IRÁ NOS REPRESENTAR.

PEÇO SEU VOTO PARA DEPUTADO FEDERAL - DEYSON THOMÉ - 1151  |  PRESIDENTE BOLSONARO 22  | GOVERNADOR  CLÁUDIO CASTRO 22

Maltratar animais é um crime repugnante e inaceitável,  precisamos nos dedicar a combater esse absurdo, pois pessoas que maltratam animais são uma ameaça à sociedade.

Não dá para confiar em pessoas que maltratam animais.

 

mAUS TRATOS ANIMAIS É CRIME
Quando uma pessoa faz a opção de ter um animal de estimação, deve ter a consciência de que se trata de uma relação para toda a vida do bicho. Alimentar, cuidar da higiene e garantir o bem-estar do animal estão entre os deveres de quem resolve ser tutor de um animal. A falta dessa consciência muitas vezes resulta em abandono, que é considerado um ato de maus-tratos.
 
A Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/1998) prevê punição para quem pratica abuso, maus-tratos, fere ou mutila animais. Para quem cometer este crime, a pena de detenção é de até cinco anos quando se tratar de cães e gatos. Se você testemunhou algum abandono de animais, denuncie na Delegacia de Polícia, Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, Ministério Público ou Ibama. 

Se você também apoia essa causa em defesa dos animais e deseja receber mais informações sobre o que podemos fazer para impedir que os animais sejam vítimas de maus tratos, peço que use o formulário. Obrigado

8 + 10 =

 1 – PELA ADOÇÃO E POSSE RESPONSÁVEL

É preciso cobrar mais, independente de qualquer argumentação, dos que se candidatam a adoção de animais que foram habilitados para essa finalidade, tendo sido tratados, vacinados, medicados e identificados por implantação de chip identificador para criar, a partir da adoção, um vínculo legal que preserve a segurança do animal.

Esse processo deve ser feito dessa maneira até mesmo por quem compra ou aceita uma doação.

Na realidade, proponho inibir a reprodução irresponsável que ocorre nos meios onde os animais são mantidos soltos nas ruas, errantes, sendo criados de forma irresponsável. Sendo essa irresponsabilidade, uma das raízes da superpopulação de animais abandonados, vivendo em péssimas condições, submetidos a sofrimentos, fome, riscos diversos e se convertendo também e m vetor de doenças.

Precisamos trazer a responsabilização do humano para dentro desse cenário e regulamentar a posse animal, entendo que essa é a única forma de reverter e tratar essa situação lamentável à qual os animais estão submetidos, principalmente cães e gatos, mas outras espécies também estão sofrendo.

 2 – Projeto dE ATENDIMENTO PARA tratamento, vacinação e castração

Este é um projeto que considero de extrema importância e acredito que seja capaz de nos conduzir, por meio do aprimoramento do mesmo, a um modelo eficiente, que nos possibilite construir uma via para aplicação de forma educativa, uma regulamentação que tem por objetivo, a redução dos animais abandonados em situação de sofrimento e levando para a sociedade, por meio de projetos educativos, a consciência da posse responsável e da necessidade da castração, para reduzir a reprodução irresponsável, fazendo inclusive, com que apenas animais registrados, possam ser reproduzidos de forma responsável e humana, respeitando a saúde do animal, na intenção de evitar a exploração abusiva da atividade reprodutiva das matrIzes, com base em estudos e proposições a serem feitas por veterinários.

ATENÇÃO: Esse projeto está sendo aprimorado. Se você tem uma sugestão ou crítica,  eu gostaria de ouví-la.

Envie-me um e-mail pelo que está disponível aqui no site. Obrigado